Siga por Email

Marcadores

Encontre no blog. É só digitar

domingo, 19 de dezembro de 2010

AINDA QUE LENDO, OUÇA! Se Jesus não tivesse nascido.











“No dia seguinte João estava outra vez ali, na companhia de dois dos seus discípulos. E, vendo passar a Jesus, disse: Eis aqui o Cordeiro de Deus” (João 1:35-36).

SE JESUS NÃO TIVESSE NASCIDO

(Uma mensagem de natal)


Você já parou para pensar em como seria um mundo sem Jesus? Quem ousaria dar a sua opinião?

Na Bíblia encontramos histórias interessantes, envolvendo os mais diversos servos de Deus.

Lembro-me de Noé acerca do qual a Bíblia diz: Pela fé, Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu, e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé” (Hebreus 11:7)

Noé, chamado por Deus, crê em sua palavra, aceita a incumbência, prega a justiça enquanto constrói a arca. Noé depositou toda a sua fé em Deus.

Lembro-me de Abraão, acerca do qual se diz: “Pela fé, Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé, habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus” (Hebreus 11:8-10).

Abraão foi o exemplo de obediência pronta e confiança absoluta. É homem de devoção e de fé, ‘inda que a promessa seja o impossível. Deus falou? Abraão crê.

Outro personagem interessante é José. José é o herói da história que tem os seguintes capítulos:

a) É o amado do pai;

b) Objeto da inveja dos irmãos;

c) Foi vendido como escravo;

d) Transformou-se num veículo de bênçãos, conforme a seguir se lê: E aconteceu que, desde que o pusera sobre a sua casa e sobre tudo o que tinha, o SENHOR abençoou a casa do egípcio por amor de José; e a bênção do SENHOR foi sobre tudo o que tinha, na casa e no campo”. (Gênesis 39:5)

e) Resistiu às mais severas provações (prisão, assédio, injustiças etc).

f) Cria consistentemente nas promessas de Deus Pela fé, José, próximo da morte, fez menção da saída dos filhos de Israel e deu ordem acerca de seus ossos” (Ver Hebreus 11:22).

E o que dizer de Moisés? Homem de Deus, tipo de Cristo, líder do povo. Exemplo de homem que renuncia a um mundo de possibilidades (poder, prestígio, glórias, riquezas etc.) e opta por Deus. “Pela fé, Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo, antes, ser maltratado com o povo de Deus do que por, um pouco de tempo, ter o gozo do pecado” ( Heb.11:24-25).

Davi, o rei segundo o coração de Deus. E, quando este foi retirado, lhes levantou como rei a Davi, ao qual também deu testemunho e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, varão conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade” (Atos 13:22); o guerreador das batalhas do Senhor; o homem dos salmos (já imaginou uma Bíblia sem o Salmo 23? “O Senhor é o meu pastor, nada me faltará...”); o ascendente de Cristo (Atos 13:23).

Jó. O primeiro versículo do livro que leva o seu nome, diz: “Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e este era homem sincero, reto e temente a Deus; e desviava-se do mal” (Jó 1:1). — Jó é exemplo de lealdade na incompreensão, no sofrimento. É exemplo de fé que persevera, confia e aguarda. Da fé que não se esvai, mesmo quando se tem a carne apodrecendo. Da fé que declara “Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus” (Jó 19:25-26).

Daniel. Servo que preza pela pureza. “E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar”(Daniel 1:8); que depende de Deus Então Daniel foi para a sua casa, e fez saber o caso a Hananias, Misael e Azarias, seus companheiros; para que pedissem misericórdia ao Deus do céu, sobre este mistério, a fim de que Daniel e seus companheiros não perecessem, juntamente com o restante dos sábios de babilônia”(Daniel 2:17-18) ; que glorifica a Deus (2:27-28); que não abandona a prática da oração a despeito das ameaças (6:10 . Daniel, servo do Deus vivo na corte da Babilônia.

— Paulo. Homem de Deus cuja vida é gasta no altar do Senhor. O homem de 13 cartas inseridas no Novo Testamento. O homem que luta pela causa do Senhor, encerra a carreira fiel ao Senhor e aguarda as promessas do Senhor. “Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé” (II Timóteo 4:6-7).

Aí você pergunta: Afinal, vai falar de Natal ou de heróis bíblicos?

Qual é mesmo o título da mensagem?

Pois bem, se Jesus não tivesse nascido, não teríamos as cartas de Paulo, porque também não teríamos Bíblia tampouco teríamos Paulo.

Não conheceríamos o bom exemplo de Daniel, porque também não teríamos Daniel;

Não conheceríamos a história da perseverança de Jó, porque também Jó não teria existido;

Davi não comporia lindos salmos e nem seria o rei segundo o coração de Deus, porque também não haveria um Davi;

Moisés? Não. Não haveria Moisés e nem Pentateuco;

A bonita história envolvendo José e sua venda para o Egito não existiria, porque também não existiria Egito e tampouco José.

Abraão não seria exemplo de fé e nem entregaria Isaque a Deus e nem participaria da parábola do rico e Lázaro, porque também não haveria rico, nem Lázaro, nem Isaque e nem Abraão.

Não haveria o dilúvio e tampouco a arca da salvação para Noé, porque também não haveria salvação e nem Noé. E ainda que existissem, não haveria esperança nenhuma de salvação para eles, porque a salvação só é possível em Jesus Cristo.


Heresia? Absolutamente.

— Quando decidiu criar o mundo e dele criar o homem, Deus, em sua onisciência, sabia que este iria aprontar. Foi aí que, em sua onisciência e justiça proveu antes da fundação do mundo, a possibilidade de salvação para o homem no Jesus, que haveria de nascer, acerca do qual a Bíblia diz: E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo” (Apocalipse 13:8).

Em outras palavras, o que se afirma é que a salvação precede a criação.

Deus só cria o homem, apesar de saber que este vai pecar, porque já tem preparado para este a salvação em Jesus Cristo. No Jesus cujo Natal comemoramos.

Se Jesus não tivesse nascido, você não seria membro de igreja, porque também você não existiria e nem haveria igreja.

Louvemos, pois, a Deus, porque Jesus nasceu.

Assim podemos conhecer preciosas histórias como a de Noé, Abraão, José etc. Porque assim podemos existir e fazer a nossa própria história, uma história de lutas, quedas e vitórias; uma história que começa aqui e continua pela eternidade sem fim, o que não seria possível, se Jesus não tivesse nascido.

Feliz Natal pra você!

Paulo Natalino Dian

Nenhum comentário:

Postar um comentário