Siga por Email

Marcadores

Encontre no blog. É só digitar

sexta-feira, 1 de junho de 2012

EU LI: Relacionamentos





Algumas pessoas se vão, mas, continuam em nós. Outras não se foram, mas, abrem mão de estar entre nós. 


As vezes, faço isto, as vezes fazem isto comigo.


Todos temos nossos tempos, nossos ciclos e vivemos circunstancias que implicam em afastamentos e/ou ajuntamentos.


Bom é evitar julgar uns e outros por conta dos tempos que vivem.


Acolher, entender, compreender contribui muito nos relacionamentos.


As vezes é necessário silenciar e as vezes é necessário respeitar e reverenciar o silencio do outro.


As vezes é preciso falar, mesmo quando há risco de estremecimentos relacionais.


As vezes é preciso ouvir, mesmo quando o que se ouve, não necessariamente era o que se queria ouvir.


As vezes, ouvimos o que não precisamos ouvir, mas, fez bem aos que falaram, falar.


Quanto mistério há nos relacionamentos interpessoais.


Quanto mistério esconde a alma de cada ser humano.


Que o Eterno, que a todos criou, conhece e sustenta, seja entre nós aquEle que lubrifica nossas relações de modo que evitemos ferimentos desnecessários.(Carlos Bregantim)

Nenhum comentário:

Postar um comentário