Siga por Email

Marcadores

Encontre no blog. É só digitar

sábado, 11 de agosto de 2012

ESCREVENDO: Saudades de meu pai






















Já faz tanto tempo que ele se foi e eu ainda sinto muita saudade dele. Sim, ainda sinto muita saudade. Mas não sinto tristeza pela sua partida. Porque ele foi ao encontro do Senhor a quem ele amava e a quem, com bons exemplos, mais que com palavras, me ensinou a amar. Seu hino preferido tinha o seguinte estribilho “Breve verei o bom Jesus, e viverei em plena luz, no lindo céu eu gozarei, de toda dor, por Deus, livre serei”. 

Quem tinha essa expectativa como certeza e a cantava a plenos pulmões, não pode ser causa de tristeza em ninguém com a sua partida.

Então, meu pai, embora com saudade, experimento alegria por saber que o senhor já foi, por Deus, livre de toda dor e já viu o seu Senhor, o seu bom Jesus. E como afago no meu coração saudoso, canto o mesmo hino, com a mesma convicção de que o senhor cantava e revelava ter; com a certeza renovada todos os dias de que a minha saudade está com os dias contados e, daqui a pouco, estaremos juntos mais uma vez. Um beijo meu pai.

Breve Verei o Bom Jesus (Hino 442 - Harpa Cristã)

 

Breve no céu, Jesus há de aparecer
Em gloriosa luz; todos O hão de ver
Naquele dia, então, eu hei de receber
De Cristo galardão; oh! que prazer!
Breve verei o bom Jesus,
E viverei em plena luz;
No lindo céu eu gozarei...
De toda a dor, por Deus, livre serei.
Na vinda do Senhor irei eu receber,
Do Seu eterno amor, repouso e prazer,
- Disso, meu bom Jesus, tem-me falado já
E da celeste luz de Jeová!
Na vinda do Senhor desfrutarei prazer,
Quando meu Salvador em glória aparecer;
Eis que Ele breve vem, os santos levará
Para a mansão de além, donde virá!
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário